Paróquia Cristo Rei em tempo de isolamento social.



A disseminação do novo Covid-19 trouxe muitos impactos no mundo todo. Logo após o primeiro caso no Brasil, muitas atividades foram suspensas por causa dessa doença. No dia 18 de março foi confirmado a doença em Belém do Pará, a partir desse dia a Arquidiocese divulga uma nota assinada por Dom Alberto sugerindo algumas ações preventivas à disseminação e contaminação ao coronavírus. Algumas são; em vez do abraço da paz, fortalecer o sentimento de paz ao próximo, no Pai-Nosso, ao invés de unir as mãos, levantar para o céu e aos sacerdotes e ministros, pediu para orientar os fiéis a receber a comunhão na mão. No dia 24 de março, a Arquidiocese anuncia que não haverá nenhuma procissão durante a Semana Santa. Entretanto, no dia 6 de abril, o governador Hélder Barbalho, anuncia em transmissão pela ‘internet’ a proibição de eventos com mais de 10 pessoas, incluindo cultos religiosos. Ademais, missa foram canceladas e novas formas de evangelização tiveram que ser feitas.


Na paróquia de Cristo Rei, em Ananindeua, o Pároco padre Pedro e os seus irmãos sacerdotais padres Benedito e padre Sérgio, se mobilizaram a evangelizar por outros meios. Durante todos os dias, as missas foram sendo transmitidas ao vivo pela página do Facebook, Comunica Cristo Rei. Contando apenas com o presidente da celebração, coroinhas, grupo de canto e a pastoral da comunicação, envolvendo 10 pessoas no total conforme o decreto, com medidas de proteção e higienização.


No domingo de Ramos, dia 5 de abril, os coordenadores de cada comunidade e da paróquia levaram os ramos de cada fiéis para o padre abençoar, evitando aglomerações. Também foi pedido aos fiéis que colocassem ramos em frente às suas casas, em sentido de unidade. Durante a semana santa, todas as missas foram transmitidas ao vivo no Facebook. A de segunda-feira santa, foi celebrada a de Nossa Senhora das dores, na terça-feira, o Senhor dos Passos, na quarta-feira o grande encontro, na quinta-feira a missa dos (lava) pés, na sexta-feira santa, a celebração e adoração ao sacrifício de Jesus na Cruz e, no sábado de aleluia, a Santa Missa se deu às 19:00. No domingo da Páscoa, se iniciou com a Santa Missa pela manhã e logo após, os padres da paróquia levaram o Santíssimo Sacramento para as ruas do bairro da Guanabara e Castanheira, abençoando e dando graças aos fiéis que estavam dentro das suas casas devidamente protegidos.


Assim sendo, a Paróquia de Cristo Rei durante o recesso das atividades, se mobilizou para evangelizar todos os dias nas suas redes sociais. As celebrações no dia das mães, no dia de Nossa Senhora de Fátima e no Pentecoste, não deixaram de acontecer. Entretanto, no dia 1 de junho, o governador Hélder Barbalho anuncia novamente a retomada gradativa de 15% da capacidade presencial nas missas, dando aos fiéis à oportunidade de voltar as missas com todas as medidas decretadas de proteção e distanciamento social.


Imagem: Kayane (PASCOM Cristo Rei) Matéria: Thaís Nascimento (PASCOM Cristo Rei)

​© Desenvolvido pela Pastoral da Comunicação de Cristo Rei (PASCOM/Kelven Vieira).